Closer – Capítulo 33

31 10 2010

Não, não esqueci do capítulo 32..

é que realmente a autora pulou o 32..

e o 34 tbm.. então.. depois desse é o 35 :p

—–

POV Kristen

 

 

Uma semana depois, Richard já tinha encontrado três casas pra gente escolher. Eu me apaixonei por uma logo de cara. Era linda e distante duas quadras da casa dos meus sogros. Robert concordou comigo, mas eu desconfio que ele estava tão feliz de voltar pra lá que moraria até no seu antigo quarto de solteiro.

 

 

Meus pais não ficaram muito satisfeitos com a nossa mudança para o outro lado do mundo, mas entenderam os motivos. O nosso prazo estava se esgotando e em duas semanas nós iríamos. Robert ainda tinha um compromisso de trabalho antes das nossas [b] férias[/b],o teste de elenco para o filme que ele gravaria em Londres, em janeiro.

 

 

 

[…]

 

 

 

“ Amor, você viu a minha camiseta cinza?”

 

 

“ Deve estar no seu armário, Rob. Ou no meu…”

 

 

“ Nem sei porque eu ainda procuro as minhas camisetas no meu armário…”

 

“ Vai logo que você se atrasa. Não tem Kristen lá pra te esperar desta vez.”

 

 

“ Acontece que eu já estou no filme, engraçadinha. Vou ajudar a escolher uma atriz… olha a importância do rapaz aqui.”

 

 

“ Nem vou responder, anda logo.”

 

 

“ Vem me dar um beijo de bom dia.”

 

 

“ Eu já te dei mais que isso lá na cama.”

 

 

“ Vem cá sua teimosa.” Me agarrou e me beijou à força, bem, não tão a força assim… “ Agora eu vou. Tchau.”

 

 

“ Tchau.”

 

 

 

Eu estava na cozinha tentando decidir com a geladeira o que comer, quando a campainha tocou. Estranhei, porque não esperava por ninguém, e era a última pessoa que eu esperava ver na nossa casa.

 

 

“ Oi Kris.”

 

 

“ Michael? Que surpresa. Entra.”

 

 

“ Eu vim te ver, faz tempo…”

 

 

“ É faz, como você está?”

 

 

“ Melhor que você com certeza.” O olhar dele foi direto na minha barriga.

 

 

“ Como? Não entendi.” Eu já estava achando que aquela visita não era uma boa idéia.

 

 

“ Eu sempre soube que ele iria acabar com a sua vida. Olhe pra você. A sua carreira está acabada. Quando você estiver em condições de voltar ao mercado, dez novas atrizes já terão tomado o seu lugar.”

 

 

“ Michael, se você veio aqui pra isso, dê meia volta. E Robert é uma benção na minha vida, ao contrário do que você pensa.” Eu já estava ficando nervosa.

 

 

“ Por falar nele, você sabe onde ele está agora?”

 

 

“ Sim, eu sei. Mas não sei o que isso importa pra você.”

 

 

“ E onde exatamente ele estaria?”

 

 

“ Em um teste de elenco. Satisfeito? Agora me deixa em paz.”

 

 

“ Interessante, não foi isso que a Nikki me disse ainda a pouco…”

 

 

“ Michael, vai embora.” Eu sentei no sofá, minhas pernas já não tinham forças para me sustentar.

 

 

“ Ele está com ela, Kristen. Enquanto você está aqui sozinha no meio do nada, ele foi procurar alguém que não tenha uma barriga enorme para atrapalhar… bem você sabe do que eu estou falando…”

 

 

“ Sai daqui! Vai embora agora!”

 

 

“ Eu vou, só vim te avisar, porque eu já fui traído e conheço a sensação. Você não merece passar por isso.”

 

 

“ Fora!!!” Minha visão estava meio turva, mas eu vi quando ele saiu e fechou a porta atrás dele.

 

 

Eu não estava conseguindo respirar. Meus pulmões se recusavam a trabalhar. Minhas mãos estavam formigando. Eu estava gelada e suando ao mesmo tempo. Eu já sabia o que viria a seguir, o desmaio e eu estava sozinha e longe de tudo.

 

 

Peguei o telefone ao meu lado e disquei.

 

 

“ 911, qual a sua emergência?

 

 

“ Me ajuda, por favor. Eu estou grávida…” minha voz não saía mais

 

 

“ Senhora, qual o seu endereço?”

 

 

Consegui, não sei como passar o endereço e apaguei.

 

 

 

 

POV Rob

 

 

 

“ Kris, cheguei!” Nada. Rodei a casa e nem sinal dela. O carro estava na garagem, deveria estar por perto, caminhando por aí. Mas o meu coração não engoliu essa, estava apertado. Foi quando o meu celular me tirou dos meus pensamentos.

 

 

“ Que porra de número é esse? Alô?”

 

 

“ Quem está falando, por favor.”

 

 

“ Como quem está falando? Então você não sabe pra quem ligou? Olha eu não tenho tempo pra gracinha.”

 

 

“ Senhor, meu nome é Kevin, eu sou pára-médico e nós atendemos uma senhora grávida a pouco. Ela está desacordada e o seu nome é o primeiro da lista de contatos, então…”

 

 

Eu não ouvi mais nada…

 

 

“ O que? Onde… como ela está? Pelo amor de Deus me diz que ela está bem!”

 

 

“ Ela está na ambulância e nós a levaremos ao Good Samaritan, já que eles são especialistas em gravidez de risco.”

 

 

“ O que aconteceu? Ela estava tão bem quando eu saí. Eu… eu estou indo pra lá. Me diz que ela vai ficar bem, por favor. Ela é a minha vida. Eles são.”

 

 

“ Senhor, não podemos saber sem os exames necessários, mas ela estará em ótimas mãos em cinco minutos. Tente se acalmar um pouco antes de pegar a estrada.”

 

 

“ Ok, obrigado, de qualquer forma. Eu chego daqui a pouco.”

 

 

 

De repente me vi sem chão novamente. Eu saí e a deixei perfeita. A minha vida estava em uma ambulância e eu sequer sabia o que tinha acontecido. Pensa Pattinson, se mexe.

 

 

Liguei pra Julles, ela estava mais perto. Ficaria com Kristen até eu chegar.

 

 

Consegui chegar no corredor do quarto dela nem sei como. A impressão era que eu estava fora do meu corpo. Nada fazia muito sentido. Eu precisava vê-la.

 

 

Empurrei a porta devagar e a vi. Deitada naquela cama de hospital ela parecia tão vulnerável, não era a minha pequena. Ela abriu os olhos e uma sensação se alívio me tomou imediatamente. Ela chorou quando me viu. Meus pés estavam pregados no chão, então Julles me tirou do estado catatônico e eu consegui chegar até ela.

 

 

“ Rob…” O choro dela era tão sentido, ela soluçava.

 

 

“ Amor, você está bem? O que houve? Os bebês…”

 

 

“ Está tudo bem agora, Rob.” Julles me respondeu.

 

 

“ Eu… eu desmaiei. Mas antes eu consegui ligar e pedir ajuda.” Ela falou entre um soluço e outro.

 

 

“ Não chora, meu amor, já passou. Agora está tudo bem.” Eu tentava acalmá-la mas eu mesmo estava a ponto de desabar ali mesmo. Ouvi leves batidas na porta e uma mulher de jaleco branco entrou.

 

 

“ Como está a minha paciente mais chorona?”

 

 

“ Bem, Drª.”

 

“ O que realmente aconteceu com ela?”

 

 

“ Você deve ser o marido, muito prazer, eu estava de plantão quando ela chegou,eu sou Drª Katte. Bem, fisicamente ela não tem nada. Nós fizemos uma ultra e os bebês estão bem, também. Ela teve uma espécie de choque emocional, pelas características que ela apresentava quando chegou aqui.”

 

 

“ Choque emocional?” Eu falei olhando pra Kristen.

 

 

“ A noticia boa é que dentro de alguma horas, ela estará liberada. Só o tempo do soro terminar. Ela não havia comido nada, esse fator também ajudou no desmaio.”

 

 

“ Bem, obrigado de qualquer forma, Drª. Mas o susto foi grande.”

 

 

“ Sim, mas foi só um susto, não é Kristen?”

 

 

“ Sim, Drª, só um susto. Obrigada.”

 

 

“ Não por isso. Mais tarde eu passo pra te mandar pra casa, ok?”

 

 

A médica saiu e eu me voltei pra Kristen.

 

 

“ Você tem algo a me dizer?”

 

 

Julles se levantou da poltrona no canto do quarto e saiu, dando a desculpa que iria tomar café.

 

 

“ Como foram os testes, Rob?”

 

 

O olhar dela era desafiador, mas a sua voz não passava de um sussurro. Me aproximei e sentei na poltrona que antes Julles ocupava. Algo me dizia que a conversa seria difícil.

 

 

“ Amor, me fala o que aconteceu, por favor?”

 

 

“ Quem foi escolhida Rob?”

 

 

Passei a mão pelos meus cabelos, eu já estava ficando irritado, tentando em vão descobrir o que ela tinha em mente e que porra tinha acontecido.

 

 

“ Christina Ricci. Você sabe, a Uma Thurman já estava no elenco, então era a última atriz a ser selecionada.”

 

 

“ Alguém que você conheça fez o teste?”

 

 

Eu sabia que tinha coisa aí. É claro! Nikki. Merda.

 

 

“ O que aquela… Nikki tem a ver com o que aconteceu com você, Kristen?”

 

 

“ Michael foi lá em casa hoje. Ele me disse um monte de coisa e eu fiquei… nervosa. Eu pedi para ele ir embora, mas ele não me ouvia. Eu… acho que juntou tudo. A minha irritação com a queda de pressão, sei lá.”

 

 

“ O que exatamente ele falou?” Eu nem tinha ouvido a história ainda, mas já estava vendo tudo vermelho.

 

 

“ Rob, já passou.”

 

 

“ Fala, Kristen.”

 

 

“ Ele disse que você tinha acabado com a minha carreira, que quando eu conseguisse voltar a trabalhar, já teria dez atrizes no meu lugar, ele falou que a minha gravidez era o maior erro que eu já tinha cometido… essas coisas… então ele perguntou por você. Eu disse que você estava trabalhando e ele riu de mim.”

 

 

Ela estava chorando por causa daquele anão, mas ele me paga, ah se paga.

 

 

“ Riu de você por que?”

 

 

“  Porque ele disse que você não estava trabalhando coisa nenhuma, mas que estava com a Nikki. Que você tinha ido procurar uma mulher que não estivesse com uma barriga enorme…”

 

 

Seus soluços a interromperam e eu estava fervendo de raiva.

 

 

“ Kristen, você acreditou nele? Pelo amor de Deus, eu achei que você me conhecesse melhor. Ela foi fazer o teste, mas nem passou para a segunda fase. Meia hora, foi o tempo que ele ficou lá. E a gente mal se falou.”

 

 

“ Eu sei que você não faria isso, mas ele estava ali na minha frente, afirmando que você estava me traindo e… sei lá… eu estou mesmo uma baleia… eu…”

 

 

“ Pára! Você está linda e você sabe disso. O meu amor vai muito além da sua aparência.  E você está carregando os meus filhos, não poderia ser mais perfeita pra mim.”

 

 

“ Eu sei. Me desculpe. Eu não sei o que deu em mim.”

 

 

“ Não chora mais. Ele não merece as suas lágrimas.”

 

 

Me abaixei e a beijei e ela se agarrou nos meus cabelos, como ela tanto gostava de fazer. Ficamos assim por minutos. Apenas nos beijando, até que uma enfermeira entrou, interrompendo o nosso momento.

 

A coitada ficou sem graça e se desculpou antes de se aproximar para tirar a agulha da mão da minha mulher. Também fomos informados que no fim da tarde, a médica que tinha cuidado dela passaria para nos mandar pra casa, finalmente.

 

 

“ Rob, você pode ir em casa buscar umas roupas pra mim? Eles rasgaram as minhas.”

 

 

“ Claro, amor. Deixa só a sua mãe voltar. Eu não quero te deixar sozinha.”

 

 

Julles logo voltou e eu pude sair para fazer o que ela me pediu. Mas antes eu tinha umas contas pra acertar.

 

 

“ Alô.”

 

 

“ Cameron, é Rob.”

 

 

“ Fala cunhadinho…”

 

 

“ Você tem o endereço do Michael?”

 

 

“ Posso perguntar o que diabos você quer com ele?”

 

 

Eu contei o que aconteceu e logo ele parou de rir.

 

 

“ Eu vou com você.”

—–

Comentem!

Anúncios

Ações

Information

8 responses

31 10 2010
ELEGRINA

CARA ELE TEM QUE DAR UMA LICAO A ESSE BABACA…….

31 10 2010
MN ._.'

EEEEEEEEEEEEEEEEEEEXTRA! por favoooooor extraaaaaa *O*

31 10 2010
ná;

EXTRAAAAAAAAA PAAAAAAAAAAAAAAAAAM *—————-*
emcomemoraçãoaodiadasbruxas ._.’
ta, pra nossa felicidade.. POR FAVOR D:

31 10 2010
nullah Q

por favoor pam, extra \O/

31 10 2010
pri

eu odeio o Michael é ridículo ,mata ele ROb ,extra hoje por favorrrrrrrrrr

31 10 2010
bi C .'

EXTRAAAAAAAAA EXTRAAAAAAAA EXTRAAAAAAAA PAAAAAAM! POR FAVOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOR

31 10 2010
karla

quero que o robert tire todos os dentes dele pra ele nunca mais poder encomodar a kristen ele precisa de uma lição .quero extra por favoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooor

4 11 2010
karlla cullen pattz

aaaaaaaaaah acaaba com ele robert. e com a nikki tbm apesar de não fisicamente mas cada palavra humilhante que o rob disse akela cadela foi otimo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: