Inexplicavelmente Amor – Capítulo 02

5 11 2010

– Edward Cullen. Prazer em conhecê-la Bella.

Ao ouvir aquela voz de anjo, vi o palácio dos Hales rodando, as esculturas do jardim se aproximando, e o chão vindo ao meu encontro, mas alguma coisa me segurou, essa “coisa” gerava uma sensação para mim, que dava choques, saiam faíscas, via fogos de artificio nos meus olhos fechados, cheguei a pensar que era o baque com a grama, mas aquela voz de anjo falou comigo.

– Bella, respire. – ele sussurrou no meu ouvido, roçando aqueles lábios no lóbulo da minha orelha, um arrepio se seguiu, e finalmente consegui abrir meus olhos. Aqueles olhos incrivelmente verdes estavam a centímetros de mim, suas mãos seguravam uma a minha cintura e a outra minha nuca, tive que respirar fundo para não agarrar aquele deus.

– Credo Bella, se toda vez que você ver meu irmão você desmaiar, vou proibir qualquer futura amizade, hein?!

– Não ligue para a Alice, meu anjo. – ele disse sorrindo no meu ouvido.

– Obrigada Edward, desculpe isso, infelizmente é comum comigo. – eu disse, enquanto ele me ajudava a ficar em pé.

– Isso significa que terei que ficar MUITO próximo a você.

– Ed para de assustar a menina, daqui a pouco ela vai sair correndo daqui. – Jasper disse brincando, fazendo-me acordar e lembrar que não estávamos sozinhos naquele lugar.

– Assim eu não me arrumei toda só para o Jasper, o Seth, a Bella e o Ed, me verem! – Alice disse meio bufando.

– É verdade Alice, eu também quero conhecer as UNIVERSITÁRIAS daqui!! – Seth disse, cheio de segundas intenções.

– Bem isso, vamos logo. – eu disse meio relutante. – Edward você pode me soltar. – eu disse para ele que continuava a segurar na minha cintura.

– Você tem certeza que não vai cair novamente Bella? – ele me perguntou maliciosamente.

– Creio que não agora. – eu disse também maliciosamente me aproveitando da situação.

Ele me lançou um sorriso torto que fez meu coração bater mais rápido. Alice e Jasper foram caminhando a frente, logo atrás foi Seth com toda sua corpulência, e eu e Edward seguimos logo atrás. Para quebrar o silêncio ele puxou assunto comigo.

– Então Bella, o que você está achando de New Hampshire? – ele me perguntou animado.

– O clima me lembra bastante Forks a cidade do meu pai, mas espero que não chova tanto. – eu disse fazendo bico.

– Não, aqui não chove muito, só o suficiente. – ele disse, soltando novamente aquele sorriso torto para mim, estava começando a achar que aquela era uma arma de sedução dele. – Que curso você vai começar?

– Psicologia. – eu disse prontamente, ele ampliou aquele sorriso.

– Isso significa que teremos algumas aulas juntos!

– Ow… – foi a única coisa que consegui dizer, por que nesse exato momento ouvi uma voz aguda, mas mesmo assim melodiosa.

– EDDIE… – a dona da voz, era sem duvida a mulher mais linda que já vi na vida, era alta, tinha um cabelo loiro, liso que descia pelas suas costas, em um corte super moderno, sua pele era extremamente branca, mas suas bochechas eram incrivelmente rosas, seus olhos era de uma cor de mel, brilhante, ela usava uma saia preta meio armadinha e uma blusa roxa bem justa que delineava suas curvas, no pé ela tinha uma sandália preta altíssima, aquela pessoa me deixou ainda mais inferior do que já era. O que mais me surpreendeu foi que ela avançou e beijou apaixonadamente Edward, me senti mal com aquilo, por que juro deveria ser proibido.

– Tanya, minha querida que saudade. – ele disse enquanto retribuía o beijo e apertava sua bunda. Era obvio que um cara lindo daquele tinha namorada.

– Ohh, calouros também? – ela perguntou para mim e para Seth.

– Só a Bella. – Alice disse meio que a contra gosto. – Vamos?

– Credo, cunhadinha apresenta a gente! – Tanya disse melosa.

– Bella Swan, colega de quarto de Alice, – eu fui dizendo para evitar qualquer discussão – e esse é Seth, um amigo que está me acompanhando.

– Você não é boba não hien Bella, faz Yale? – ela perguntou para Seth.

– Não, eh… Tanya? – ela assentiu. – Não sou namorado da Bella não, só amigo mesmo, e não estudo aqui em Ivy League, faço a faculdade de Port Angels.

– Hum, não é namorado, bom… Eddie, o que você acha DELA? – ela perguntou com um tom muito sexy pelo meu gosto.

– Bem interessante, Tanya. – Ele respondeu lançando aquele sorriso torto para mim, enquanto ela cochichava alguma coisa no ouvido de Edward. – Hum, será que ela aceita? – ele soltou o ar rindo, de quem aprova totalmente o que ela disse.

Nisso, Tanya caminhou ate o meu lado, me abraçando e fez-me uma pergunta que nem eu acreditei.

– Você por acaso nós acompanharia em um “ménage à trois”?

– Um o que? – perguntei chocada já sabendo do que se tratava.

– Sexo a três, Bella. – Fora Edward que me respondeu.

– Humm, quem sabe algum dia. – eu respondi, enquanto fazia uma anotação mental de nunca ficar no mesmo ambiente que Edward e Tanya.

– Espero sinceramente que você tope, estou louca para beijar sua boca. – Tanya me disse, de forma tão sedutora que me fez encará-la novamente para ver se no fundo ela não era homem.

– Bobinha, não precisa ficar com medo. Tanya é bisexual, e eu adoro conhecer e ver coisas novas. – Edward me disse, quase me “comendo” pelos olhos.

Graças ao bom Jesus, Alice que pegou o final da história correu para me puxar o braço dizendo que precisávamos conhecer os outros calouros.

O interior da casa dos Hales era ainda mais bela que seu exterior, grandiosa, sua decoração parecia daqueles filmes de época, luxuosa. Alice foi me puxando em direção a um grandão e uma loira exuberante. Quando observei a loira, decide que ela sim era a mulher mais linda no universo, sua beleza era magnânima, era alta, com um corpo que qualquer modelo da Victoria Secret’s morreria de inveja, em um vestido preto, que marcava todas suas curvas, seus cabelos loiros formavam cachos no fim deixando-a mais linda, seus olhos eram do mesmo tom de azul de Jasper, azul que lembrava safiras. O cara junto a ela, também não ficava atrás no quesito beleza, era extremamente forte, ate mais que Jake e Seth, os músculos marcavam muito na sua camisa preta e sua calça jeans, seu cabelo era bem curto extremamente preto e seus olhos eram do mesmo tom de Alice e Edward, com certeza aquele era Emmett e sua namorada Rosalie, obvio que todos os Cullens tinham aquela beleza sobrenatural E tinham namorados. Nos aproximamos e Alice apresentou-me a eles.

-Emm, Rose, essa é Bella minha colega de quarto, Bella, esses são Emmett e Rosalie. – ela disse animada.

– Eu sou Rosalie Hale, tudo o que você precisar aqui em Dartmouth, não hesite em me pedir. – ela me disse sorrindo.

– E se alguém te incomodar, só me chamar que dou um jeito no tarado. – Emmett falou serio.

– Mas e se esse tarado foi seu irmão, Emmett – Edward se aproximou dizendo, e me abraçando por trás. – por que pretendo incomodar muito a Bella.

– Ed, você está assustando ela.- Jasper disse repreendendo-o.

– Mas é a verdade, – ele respondeu com aquela cara de cachorro sem dono. – e se estiver incomodando muito ela me dirá, não é Bella?

– Sim, claro Edward. – na primeira vez que eu disse seu nome, ele saiu queimando pelas minas cordas vocais fazia no máximo 20 minutos que eu o conhecia, como essa sensação de dominação era tão grande?

– Mas Bella, me conta que curso você irá começar. – Rosalie me perguntou docemente.

– Psicologia.

– Eu não acredito! – ela me disse surpresa. – Você vai ser minha caloura.

– Que bom. – eu sorri para ela. Alice que aparentemente estava nervosa, veio ate mim.

– Vamos Bella circular por ai conhecer todos? – ela perguntou.

Todos Alice, você deve ta brincando! – eu respondi a ela assustada.

– Cuidado Bella, por que isso pode ser bem capaz! – Jasper falou rindo.

Todos riram desse comentário, mas fui seguindo Alice com Seth no nosso enlaço. Não demorou muito para Seth parar e ficar conversando com uma garota que se chamava Lauren, meio vulgar na minha opinião, com aquele cabelo cor de palha, com um corte esquisito, uma maquiagem fortíssima e uma roupa que tenho minhas duvidas se aquilo era mesmo ou não uma roupa. Continuamos conhecendo varias pessoas. Uma garota chamada Angela, que era somente alguns centímetros mais alta do que eu, com um cabelo preto longo que me lembrava cetim, olhos castanhos, que também iria começar a cursar psicologia, junto com ela estava outra garota Jessica, essa com o cabelo castanho claro, e olhos da mesma cor, que iria começar a cursar moda, tal como Alice. Junto com as garotas havia um moço, meio sem graça chamado Mike, seus cabelos loiros, e seus olhos azuis opacos encaravam Jessica com desejo, ali com certeza iria nascer um sentimento, ele iria começar a estudar engenharia.

A recepção estava bem interessante, todos comiam e bebiam, davam risadas e conversavam sobre o campeonato de basquete universitário, cursos, matérias, dormitórios. Porém do nada aconteceu algo que atraiu a atenção de todos a porta, um casal belíssimo estava parado ali, o homem era lindo, forte, loiro, seus cabelos estavam presos em um rabo de cavalo, os olhos de um castanho intenso, vestia roupas que deixava claro que era de marcas caras, a mulher também era linda, com longos e encaracolados cabelos ruivos, seus olhos castanhos da mesma intensidade da do homem, ela usava um vestido rosa que transmitia um ar de mistério para ela. Ambos olhavam curiosos para todos que estavam na festa, mas o que mais me intrigou fora os olhares maquiavélicos que estes recém chegados lançavam aos Cullens e aos Hales, parecia que aquilo era uma coisa totalmente desagradável para todos eles.

– Não acredito que eles tiveram a cara de pau de aparecer aqui! – Alice exclamou esbravecida.

Eles quem? – perguntei a Alice.

– Os Brown. – ela disse com nojo. – James e Victoria Brown, filhos do prefeito de Boston.

– Mas porque vocês não gostam deles? – questionei curiosa.

– Rivalidade entre famílias, – ela me disse relutante. – tipo palestinos e israelenses.

– Ow… vocês não vão começar a atirar um no outro não, né?! – perguntei meio a contra gosto.

– Não é para tanto também Bella. – ela disse nervosa. – Ah, não Emmett e Edward estão indo para lá, isso não vai dar certo, vem comigo Bella.

Corri com Alice, ate onde James e Victoria estavam, encontrando com Emmett, Edward, Jasper e Rosalie. Só de me aproximar deles senti a tensão no ar, pelo jeito a inimizade deles era séria.

– O que vocês estão fazendo aqui? – Emmett, gritou para James.

– Na recepção dos calouros.- ele respondeu serenamente.

– Mas você não estuda na Dartmouth! – Jasper, para a minha surpresa disse cheio de ódio.

– É verdade meu querido Jazz, – James, continuava a responder serenamente, como se discutissem o tempo. – continuo na Yale, mas minha irmãzinha Victoria vai começar a estudar direito aqui, na realidade com você amigão.

Jasper rosnou. Emmett e Edward fecharam os punhos, Alice revirava os olhos, mas foi Rosalie que respondeu.

– Achei que a questão amizade, acabou a alguns anos, James, quando vocês quase nos mataram em Cap Code.

– Rose, minha princesa você ainda remoe essa história? – James disse suavemente.

– Não chame ela assim! – Exclamou Emmett, enraivecido.

– Vejo que vocês continuam com esse namorico. – James disse rindo.

Todos os Cullens e Hales bufaram.

– Eddie, vai me dizer que você não sente saudades das nossas noites, inexplicáveis em Boston? – Victoria perguntou a Edward.

Saudades? Eu Victoria? – ele disse irônico. – Você se esqueceu que por sua causa eu fui parar na cadeia, quase morri e meus pais tiveram uma enorme decepção.

– Aii Eddiezinho, todo sofredor. – ela disse brincando.

– Ed, calma. – Alice disse, trazendo todos ali a realidade. – Vocês dois curtam a festa, longe de nós, que nós curtimos ela longe de vocês.

– Absolutamente, Alicinha, minha bonequinha. – James disse rindo, o que foi seguido por Victoria. Alice se segurou em mim e em Jasper, para não pular no pescoço do loiro, respirou fundo e saiu andando, o que foi imitado por todos os outros, me deixando sozinha, abobalhada na frente dos irmãos Brown.

– E você gatinha, como chama? – James me perguntou sensualmente. Abri um sorriso, como um cara perfeito daquele poderia ser ruim?

– Bella, – eu disse timidamente. – Bella Swan, vou começar a estudar psicologia. – informação demais Bella, sua idiota, James e Victoria riram para mim.

– Eu sou Victoria Brown, vou começar direito, – a ruiva foi me dizendo. – e meu irmão James, que faz direito também – ela riu, provavelmente de uma piadinha interna. – na Yale.

Encantado Bella. – James me disse, pegando a minha mão e levando aos seus lábios, eu senti um calor subindo por mim, com certeza eu estava vermelha.

Sorri para ele enquanto sua irmã desaparecia nos deixando a sós. Ele colocou uma de suas mãos na minha cintura, e me puxou mais próximo a ele. E começou a conversar comigo, não entendia por que é que os Cullens não gostavam dele, pois ele era gentil, simpático e extremamente galanteador. Quando um dos garçons se aproximou ele pegou duas taças de champanhe e ofereceu uma a mim, aceitei e fizemos um brinde. Neste momento Edward estava passando e lançou um olhar homicida a mim e James.

– Parece que Edward, tem um interesse em você, Bella. – James disse no meu ouvido, mordendo o lóbulo da minha orelha.

– Ele tem namorada James, com certeza não existe interesse algum. – eu lhe disse.

A festa continuava e James não saia de perto de mim por nada, ocasionando que nenhum dos Cullen se aproximava, Alice me lançava olhares intimidadores, Edward e Emmett homicidas. Eu por sua vez continuava a conversar com os outros calouros, conhecendo-os sempre acompanhada do gentil Brown.

Comecei a me sentir mal, afinal todos ali tinham muito dinheiro e poder. Sinceramente Dartmouth seria uma caixinha de surpresas, eu precisava urgentemente me segurar para não cometer nenhuma loucura, não que eu já tenha feito alguma, mas o meu sexto sentido me dizia que eu precisava tomar muito cuidado para não me perder, mas tinhas serias duvidas que isso aconteceria comigo.

Sem mais nem menos uma garota loira de olhos azuis, de pele branca em um vestido meio dourado parou na nossa frente com as mãos na cintura. O que me sobressaltou foi James conhecê-la, por que sinceramente ela devia ser mais nova do que eu.

– Querida Jane V. – ele disse animado, abraçando-a.

– Jay, como você está? – ela perguntou com uma voz fina, mas linda.

– Perfeito minha querida, – ele disse animado. O olhar de Jane recaiu sobre mim. – essa é a minha mais nova amiga Bella Swan. Bella essa é Jane Volturi. – Volturi, eu já havia ouvido esse sobrenome, mas onde? Não conseguia me lembrar.

– Jane, é a filha mais nova do senador de Massachussets. – Ah, claro ela era filha do senador, por isso seu sobrenome não me era estranho, o tio dela Marcus fora acusado de fraude no ano anterior atraindo a atenção de todo país.

Quando ela me abraçou para cumprimentar, senti um arrepio da coluna, mas no sentido ruim. Esperava sinceramente ser má impressão. Ela me chamou a realidade.

– Bella, que curso você vai começar? – ela me perguntou com sua voz doce.

– Psicologia, e você? – perguntei educadamente.

– Comércio Exterior. – ela disse rindo.

Ficamos os três conversando, rindo, mas aquela minha primeira impressão ruim a respeito de Jane custava a passar. Talvez seja coisa da minha cabeça, mas essa garota escondia alguma coisa ruim.

Depois de uma meia hora Jane nos deixou novamente a sós. Ele me propôs para que fossemos andar pelo jardim, como já estava cansada de tanto sorri para estranhos e parar para conversar com novos estudantes, aceitei prontamente o convite. Começamos a nós dirigir a saída, quando estávamos na porta, Edward apareceu.

– Eddie, qual é a nova?! – James perguntou maliciosamente.

– Bella, aonde você vai? – Edward me perguntou, evitando a pergunta de James.

– Tomar um ar fresco. – eu disse a ele, me derretendo toda. Foi quando Tanya e sua beleza apareceram abraçando Edward por trás, deu um beijo no seu pescoço e se virou para mim.

– Bella, vejo que você não demorou a agarrar um dos melhores partidos de New Hampshire. – ela me disse maliciosamente. – E você James já esta agarrando as calouras vindas da costa oeste? – ela disse ao loiro e se dirigindo a ele para abraçá-lo. Edward me lançou um olhar incomodado, mas não disse nada.

– Tanya, você esta mais linda do que nunca, vejo que você continua com o Eddie. – ele afirmou.

– É Jay, continuamos juntos, mas temos um relacionamento abertíssimo. – ela me lançou um olhar de cobiça, e eu corei.

– E você little Cullen, continua com as antigas praticas? – James se direcionou a Edward.

– É James, alguns hábitos não mudam, só ficam diferentes. – Edward respondeu. Fiquei intrigada com aquilo, que praticas será que são essas? Será que é algo ilícito? Apesar que o MEU anjo não parecia ter esse perfil, mas nunca se sabe.

– Talvez nos encontremos por ai então, – James respondeu alegre. – e você Tanya, continua também?

– Sempre! – ela respondeu. Juro que fiquei extremamente curiosa com aquela conversa mas resolvi não me meter. Afinal eles pareciam se conhecer bem, apesar da inimizade dos Cullens e dos Browns.

– Eddie, você quer dizer algo a Bella? – James perguntou rudemente. – Por que ela estava para me acompanhar numa volta pelo jardim.

– Não, tudo o que eu preciso falar com ela eu falo depois, – Edward respondeu da mesma maneira mal educada que James. – Cuidado com ela, Brown. – ele virou para mim. – Bella qualquer coisa ligue para a mim. – e me deu o numero de seu celular.

– Obrigada, Edward.

Tanya me deu um sorriso que se subentendia que aquele não seria um passeio comum, e Edward me olhou temeroso. Resolvi não retribuir o olhar, e me encaminhei com James ao jardim. O jardim da residência dos Hale era de dar inveja a qualquer jardim botânico, muito bem cuidado, todas as cores das flores, o cheiro das flores a brisa suave, aquele lugar deve fazer parte de um conto de fadas. Fiquei encantada, atitude que não passou despercebida de James.

– Gosta deste jardim? – ele me perguntou amavelmente.

– Muito, é lindo, essas cores são… são incríveis. – respondi maravilhada.

– Mas o que deixa ele mais belo ainda, é esse luar e você Bella, que dá um toque especial a ele. – ele respondeu encostado seus dedos da mão no meu rosto, senti que ficava vermelha, mas optei por somente sorrir.

Continuamos a caminhar, observado as esculturas da coleção particular do Sr. e da Sra. Hale. James foi audacioso quando quase cai, resolveu andar segurando a minha mão. Após o que me pareceu horas, chegamos a uma lindíssima fonte, localizada no centro do jardim paramos e James colocou suas mãos na minha cintura.

– Bella, você é tão linda, seu rosto é perfeito, sua boca parece que exala mel. – ele me disse romanticamente. Eu somente sorri com esse comentário.

Depois da minha reação, ele passou suavemente a mão pelo meu rosto, desceu ao meu pescoço, me fazendo arrepiar. Ele começou a se aproximar, fui sentindo aqueles olhos castanhos próximos, aquela respiração suave próxima, aquele hálito quente, que me lembrava canela se aproximando, conseguia sentir o corpo dele próximo ao meu, quando ouvi uma voz.

– Finalmente eu te achei Bella. – era a voz de Seth, que via pisando ruidosamente pela grama, me afastei mecanicamente de James. E respondi Seth.

– Por quanto faz tempo que você esta me procurando? – eu disse receosa.

– Horas, ou você esqueceu que eu tinha que te levar embora as 2 da manha, porque amanhã começa o suas aulas especiais? – ele disse me inquirindo.

– Nossa Seth, é verdade o meu curso avançado de morfologia. – eu disse me lembrando das aulas que havia me matriculado há dois meses. – James, me perdoe, mas esta tarde e eu não posso perder o inicio deste curso.

– Tudo bem Bella, não irão faltar oportunidades para ficarmos a sós. – ele lançou um olhar furioso a Seth, que apenas o retribuiu.

Me despedi de James, afinal ele fora um cavalheiro comigo, agüentando uma caloura contando de sua pacata vida. Ele me deu seu celular para que eu anotasse o meu numero, e me deu um beijo na minha bochecha, que me fez corar violentamente. Segui com Seth a procura de um taxi, deixei ele no hotel onde estava hospedado, e não pude deixar de perguntar mentalmente se Jake e Leah tinham ou estavam tendo sua noite tórrida de amor, ri com esse pensamento vendo que isso custaria muito para acontecer comigo. No pequeno trecho do hotel ate os dormitórios de Dartmouth, fiquei pensando em tudo que havia acontecido nessas minhas breves horas na faculdade, conhecera pessoas influentes, futuros colegas de sala, bem como o homem mais lindo do mundo, Edward, que por mais que tenha sido de uma maneira meio vulgar, tinha o desejo de me ter; fiquei me imaginando com aquele deus grego, e as coisas impossíveis que poderia fazer com ele. Acordei do meu sonho quando o taxista parou em frente ao prédio do meu dormitório, paguei pelo taxi e me dirigi escada a cima em direção ao meu quarto, fazendo as contas de quantas horas iria conseguir dormir, por que uma noite de sono mal dormida para mim, era a mesma coisa que ver um morto andando.

Coloquei a chave na porta e rodei a fechadura, o quarto estava totalmente escuro, isso significava que Alice não viria dormir, como ela havia me dito anteriormente. Fechei a porta e acendi a luz, que instantaneamente irradiou o quarto. Foi quando uma voz falou comigo me sobressaltando.

– Estava a sua espera Bella.

—–

Gostaram?

No outro capítulo ouve reclamações sobre pontuação..

ta tão dificil assim de ler a história? oO

me avisem que vejo o que posso fazer..

Anúncios

Ações

Information

7 responses

5 11 2010
บริการ seo

good molly Meninas Vampiras , i comment your blog , this a nice blog and perfect. Good for everyone. a lot of and Notícia content. i going to visit to read and comment your blog.

5 11 2010
thai seo

helo Meninas Vampiras , i look your blog , this a nice blog and greatly. Great for everyone. bulk and Notícia content. i will visit to read and review your site.

5 11 2010
seo service

nice a day Meninas Vampiras , i comment your blog , be a nice blog and useful. Best for everyone. best review for and Notícia content. i going to visit to read and review your website.

5 11 2010
maaanola --'

DEEEEEUS O_O será que é o Edward..? o James também pode ser’ hmm.. tomara que o ed *—————*

5 11 2010
Kesia Tawanne

claro q na1 tava dificio adorei esse fik!!!

10 11 2010
karla

ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii vc e 10000

14 11 2010
seo link

helo Meninas Vampiras , i comment your blog , that a nice blog and useful. Great for me. a lot of and Notícia content. i going to visit to read and comment your website.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: